PESQUISA DO IBGE APONTA QUE O RIO PARAÍBA DO SUL ESTÁ ENTRE OS MAIS POLUÍDOS DO PAÍS

junho 6, 2013

Foto: Carla Moura

Trecho do Rio Paraíba em Guaratinguetá

Trecho do Rio Paraíba em Guaratinguetá

Responsável pelo abastecimento de 14 milhões de pessoas, o Rio Paraíba do Sul é o quinto mais poluído do país segundo o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Na região, São José dos Campos foi o trecho que recebeu a pior avaliação da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

As principais causas, segundo especialistas, são o lançamento de esgoto doméstico no manancial e o uso de agrotóxicos, que contaminam a água.

O rio tem 1.137 quilômetros de extensão, nasce na Serra da Bocaina e corta três Estados. A amostra analisada que deu base ao levantamento do IBGE foi coletada no Estado do Rio de Janeiro.

No percurso do Vale do Paraíba, recebe esgoto doméstico de cidades como São José dos Campos, que tem 89% de saneamento e de cidades como Cruzeiro, que não faz o tratamento.

Apesar disso, um levantamento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) mostra que houve melhora em São Paulo. Pesquisa apontou que de 21 pontos analisados, 18 foram classificados como bom, ante 15 em 2011. O trecho de São José, que recebe água do afluente Jaguari, foi avaliado como ruim, em dezembro de 2012 em uma escala que vai de péssimo a ótimo.
Para o presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul, o cenário deve melhorar em cinco anos.

“O plano de bacias do Comitê prevê que nos próximos cinco anos, a gente quer atingir todo esse universo de cidades que não contam com tratamento, que não tem esgoto tratado. Se não 100%, com um índice bem avançado de tratamento”, disse Nazareno Mostarda Neto, secretário executivo da entidade.

Afluentes
A poluição no rio também é resultado da qualidade da água dos afluentes. Em São José dos Campos, por exemplo, a água do Rio Jaguari foi considerada ruim pela medição da Cetesb. Desde 2006, quando teve início as medições, foi a primeira vez que o manancial recebeu esse conceito em uma escala que varia de péssimo a ótimo.

“Os afluentes são os contribuintes da qualidade da água do Rio Paraíba, então muitas vezes o esgoto não chega diretamente ao Rio Paraíba, chega por meio dos afluentes. São muitos contaminantes, muito lixo que as pessoas jogam por aí”, explicou o ambientalista André Miragaia.

Fonte: G1

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: